Inteira

by Tatiana Parra

supported by
/
  • Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

     $9 USD  or more

     

  • Compre o CD

1.
(free) 02:30
2.
04:55
3.
05:04
4.
04:31
5.
(free) 04:36
6.
7.
04:07
8.
9.
10.
02:49
11.
03:27

about

“Sentir-se inteira como cantora pra mim tem a ver com muitas coisas, como não ter medo de se expor; não se colocar acima da música, dos músicos ou do público, mas sentir-se parte desse todo, ter alegria por compartilhar música com as pessoas, em qualquer situação”. A frase acima pode ser uma senha para entender o título do CD Inteira (www.boranda.com.br), o primeiro CD de Tatiana Parra, cantora paulistana que com menos de 30 anos, tem carreira de veterana e já cantou em shows e discos de Ivan Lins, Omara Portuondo, Rita Lee, Toquinho, Chico Pinheiro, Sandy & Júnior e André Mehmari.

Uma das características marcantes de Tatiana é a voz segura, que tanto pode soar lírica como em Choro das Águas de Ivan Lins e Vitor Martins, ser matreira, moleca, como em Amor de parceria (Noel Rosa) ou ainda romântica sem ser piegas em 1 Valsa Para 3, de Chico Pinheiro e Chico César. O álbum tem como diferencial a presença de novos compositores da cena paulistana como Pedro Viáfora, Pedro Altério, Dani Black, Giana Viscardi, Dani Gurgel e traz participação de César Camargo Mariano, Barbatuques, Teco Cardoso, Proveta, Toninho Ferragutti, Aca Seca, dentre outros.

Filha da cantora Cida Souza, Tatiana começou a vivenciar cedo o mundo da música e quis continuar nele. Aos cinco debutou no estúdio Lua Nova (SP), por convite de Thomas Roth. Ela conta sobre sua formação: “Não me dava conta do desafio que era estar no estúdio, tudo era muito natural. Eu cantava tanto em casa, que no momento da gravação não me sentia insegura. Minha formação musical se deve aos meus avós maternos e a minha mãe. Foi ela que me apresentou, por exemplo, grupos como Singers Unlimited e Manhatan Transfer, o que deixou meus ouvidos muito exigentes em afinação. Aos 10 anos, ela me deu os discos dos Beatles e eu fiquei viciada instantaneamente. Também me mostrou Led Zeppelin ao mesmo passo que meu avô me mostrava música brasileira pré-bossa nova e minha professora de piano, a música erudita. Depois, por escolha própria, vieram Tropicália, Clube da Esquina, Vanguarda Paulista.”

Tatiana, que continua as aulas de piano e é bacharel em canto popular, diz que definiu a sonoridade do álbum ao lado dos instrumentistas que dele participam. Conrado Goys (violão e guitarra), Zé Godoy (piano), Thiago Rabello (bateria) e Marcelo Mariano (contrabaixo). Este último a assina a direção musical. “Conheci o Marcelo trabalhando com Chico Pinheiro. Sempre tivemos muita afinidade. Nossas vivências musicais são bem parecidas. Ele também, por força dos trabalhos, já foi do mais pop ao mais jazz, como eu. Posso dizer que ele fez a produção musical, executiva e espiritual”, explica.

Para concluir, ela fala sobre a participação de César Camargo Mariano: “Marcelo, que é filho de César, sugeriu que o pai arranjasse Bandeira (Sergio Santos e Paulo César Pinheiro) e eu topei na hora. O que não contava era que o próprio, que mora em New Jersey (EUA), estaria no Brasil na época da gravação e se disponibilizaria pra gravar o piano. Fiquei feliz e honrada. Aprendemos muito nesse dia. Ele sabe conduzir uma gravação como ninguém. Deixa o ambiente com uma energia de concentração e seriedade e ao mesmo tempo com muita leveza. Foi um presente.”

credits

released 18 June 2010

produzido por marcelo mariano
co-produção: tatiana parra
produção executiva: fernando grecco - borandá (www.boranda.com.br)
gravado e mixado no estúdio a voz do brasil (sp – brasil) entre maio e setembro de 2009, exceto:
faixa 6. choro das águas: gravado no estúdio elefante, em ago./2008 (b.a. - argentina)
faixa 9. 1 valsa para 3: gravado no estúdio do zé godoy, em out./2009 (sp – brasil)
técnico de gravação: ivo
técnico de mixagem: luis paulo serafim
técnico pro tools: zé godoy
masterizado por walter lima, nos estúdios mosh, em nov. 2009.
projeto gráfico: andré salerno e duda marques - taocriativo (www.taocriativo.com.br)
ensaio fotográfico: dani gurgel (www.danigurgel.com.br)
fotografias ficha técnica: bárbara crepaldi

tags

license

all rights reserved

feeds

feeds for this album, this artist
Track Name: Abrindo a Porta
ABRINDO A PORTA (MÚSICA: PEDRO ALTÉRIO/LETRA: PEDRO VIÁFORA)

QUERO UMA LUA CHEIA
O SOL QUE SE INCENDEIA LÁ NO MAR
QUERO O BAQUE DO BATUQUE
EU QUERO O TOM QUE DESENCADEIA
O SOM QUE PÕE MEU POVO PRA DANÇAR
QUERO A CHUVA LAVADEIRA
DA SECA DO SERTÃO
QUERO A LUZ ATORMENTANDO À TOA
A TUMBA DA PAIXÃO
QUERO ARES DE CRIANÇA
CORAÇÃO

QUERO UMA ODISSÉIA
MEU CONTO QUE SEJA UM CANTO PROS LEAIS
O ADVENTO DO ALENTO
EU QUERO O TEMPO QUE REATEIA
AQUELE PRIMEIRO AMOR DOS CASAIS
QUERO VER VIRAR FUMAÇA
A TRAPAÇA E A TRAIÇÃO
SE A DOR SE TORNA RAVA NUNCA PASSA A AFLIÇÃO
ESTOU FARTO DE VINGANÇA
CORAÇÃO


QUERO ANDAR SEM DIREÇÃO
TER MOTIVO PRA SOLTAR UM GRITO ALTIVO
E SALTAR SEM RAZÃO
EU QUERO O RITO DO PRAZER
UM AGITO PRA VENCER A SOLIDÃO

QUERO UMA LUA CHEIA
MEU CONTO QUE SEJA UM CANTO PROS LEAIS
QUERO ABRIR A PORTA INTEIRA
CORAÇÃO
Track Name: Bandeira
BANDEIRA (MÚSICA: SÉRGIO SANTOS/LETRA:PAULO CÉSAR PINHEIRO)

PALMEIRA VERDE FINCADA
CLARÃO DE OURO NA AREIA
MARÉ DE AZUL DERRAMADA
NO COLO DA LUA CHEIA

TEM BANANEIRA NA SERRA
TEM SABIÁ LARANJEIRA
QUEM OLHA PRA MINHA TERRA
DESENHA SUA BANDEIRA

BANDEIRA VERDE-AMARELA
AZUL E BRANCA BANDEIRA
RAÇA DE CRAVO E CANELA
DE NOME FEITO EM MADEIRA
QUEM TEM DIREITO DE ERGUÊ-LA
COM TODA ESTRELA QUE ENCERRA
É QUEM PLANTOU CADA ESTRELA
E FEZ BROTÁ-LA DA TERRA
Track Name: Vento Bom
VENTO BOM (MÚSICA: ANDRÉ MEHMARI/LETRA: SÉRGIO SANTOS)

CHEGA, ESCORREGA, ASSOVIA DO NADA
NA CHAPADA, ONDE O NADA É O QUE MAIS CEGA
RESFOLEGA A RAJADA DO VENTO ARRASADOR
SE COMEÇA NINGUÉM SABE ONDE ACABA
E DESABA VARRENDO O QUE LHE IMPEÇA
ATRAVESSA A QUEIMADA ONDE O CÉU
SE AVERMELHOU, RODOPIOU,

VIROU PRO MAR, ALONGA A ONDA A QUEBRAR, VENTO QUE É BOM
NA DIREÇÃO DE ESCAPULIR, VENTO QUE É BOM
QUANDO RUGIR, QUANDO VAGAR
QUANDO O VENTO FUGIR
NUM SEMITOM CANTA COM O VENTO, QUE É BOM

QUANDO DOBRA A SERRA NUM SOPRO VERTICAL
LÁ QUE O VENTO TEM SEU FINAL
E QUANDO SE ENCERRA NA BRISA ORIGINAL
DESLIZA UM FIM DE MELODIA
ONDE SOME O VENTO, DE LÁ SOU NATURAL
DO ALTO, SOU DE MAIRIPORÃ
QUANDO BEIJA A RENDA NO CANTO DO VARAL
ROÇANDO NA ROMÃ, NO BAMBUZAL
SÓ RESTA UM ASSOVIO, A BRISA POR UM FIO
FOI VENTO BOM
Track Name: Depois
DEPOIS (MUSICA: TATIANA PARRA/LETRA: DANI GURGEL)

RECONHECER UM LUGAR, UM SOM
DESAFIAR A LEMBRANÇA
VULTO DE UM DIA BOM
UM MOMENTO NO AR
QUE FAZ VOLTAR
RECOMEÇAR, ENTÃO
DEPOIS

TANTA MEMÓRIA SEM CONDIÇÃO
RECONSTRUIR UM PEDAÇO
IMAGENS DE RASPÃO
QUE FAZ VOLTAR
RECOMEÇAR, ENTÃO
UMA HISTÓRIA DE UM TEMPO

(ME) PARECIA O OLHAR
DE UM IRMÃO
ME LEMBRAVA EM VÃO
DE UM TEMPO NORMAL
TÃO LEVE, DISSIPOU
O SOM DE UM DIA
QUE FICOU PRA TRÁS
DEPOIS

E TENTAVA COMPOR
DETALHAR
TRAÇOS SEM DIREÇÃO
DESENHAR UM BORRÃO

O CHEIRO DE UM LUGAR
TÃO BELA E ESTRANHA SENSAÇÃO
SAUDADES PRA LEMBRAR
DEPOIS

TANTA MEMÓRIA SEM CONDIÇÃO
RECONSTRUIR UM PEDAÇO
IMAGEM DE RASPÃO
QUE FAZ VOLTAR
RECOMEÇAR, ENTÃO
UMA HISTÓRIA DE UM TEMPO
QUE A SAUDADE DESPERTA

PENSO SE VOU VOLTAR
UM DIA, AGORA,
AINDA, SEMPRE,
EU VOLTO PRA LEMBRAR
DE UM TEMPO BOM
DEPOIS
Track Name: Oração
ORAÇÃO (MÚSICA E LETRA: DANI BLACK)

PEÇO AOS CÉUS PARA ME PROTEGER
E EU NÃO HEI DE CEDER
AO VAZIO DESSES DIAS IGUAIS
MAL EM MIM NUNCA HÁ DE FINCAR
MEL EM MIM NUNCA HÁ DE FINDAR
OLHOS NUS E ATENTO AOS SINAIS
FAÇO FÉ PRA PODER VER
A VIDA HÁ DE SER SEMPRE MAIS
PEÇO AOS CÉUS PARA ME DEFENDER
DE ENGOLIR O SOFRER
CONTATO VIR A TER JAMAIS
COM O INVISÍVEL QUE PAIRA NO AR
DOS QUE QUEREM VER SANGRAR
ILUMINE, E QUE SIGAM EM PAZ
FAÇO FÉ PRA PODER VER
A VIDA HÁ DE SER SEMPRE MAIS
SE ACASO A PESTE
A TEMPESTADE TROUXER
QUE AO SE APROXIMAR DE MIM, SUMA
QUE NO SEU LUGAR
NUNCA DEMORE A BROTAR
A CELESTE SEMENTE DO AMOR
ENVOLTO POR ESPIRAIS
NUM MANTO DE AZUL-LILÁS
CONSERVE MEUS BENS VITAIS E CALOR
CUIDE PARA CRESCER
E ENFIM FLORESCER A FLOR DE CRISTAL
SOBRE NOSSOS QUINTAIS
Track Name: Choro das Águas
CHORO DAS ÁGUAS (MÚSICA: IVAN LINS / LETRA: VITOR MARTINS)

ESSE MEU CHORO
NÃO CABE NO PEITO
ARDE POR DENTRO
E ROLA NA FACE
MOLHA POR FORA
ESTRAGA O DISFARCE
LAVA ESSE CORAÇÃO
ESSE MEU CHORO
É MUITO DOÍDO
ME CORTA A FALA
ME TAPA OS OUVIDOS
ME FERE OS OLHOS
COM VIDRO MOÍDO
SANGRA ESSE CORAÇÃO
ESSE MEU CHORO
É O CHORO DAS ÁGUAS
QUE LAVA AS TELHAS
QUE ROLA NAS CALHAS
QUE PINGA DAS BICAS
E DESÁGUA NA GENTE
AFOGA ESSE CORAÇÃO
Track Name: Inteira
INTEIRA (MÚSICA: TATIANA PARRA/LETRA: GIANA VISCARDI)

NASCE O SOL
NO HORIZONTE
AMPLIDÃO
ADIANTE
LÁ, BEM ALÉM
VEJO ALGO EM MIM
A DESABROCHAR

NASCE A FLOR
LENTAMENTE
TUDO É COR, RADIANTE
VOU, VOU VOAR
LEVE LEVITAR
POR SOBRE A MANHÃ

O MEU PENSAMENTO ME LEVA ATÉ
E O MEU DESEJO É O QUE VEJO AMANHECER
POIS A IMENSIDÃO DO ALTO MONTE VÊ
ESSA MESMA IMENSÃO EM MIM
ENFIM,
INTEIRA

----

OUTRA VOZ,
OUTRO TEMPO
RENASCI
DESDE DENTRO
PAZ , AVE PAZ
ABRE O VÔO E VEM
PRA POUSAR EM MIM
Track Name: Amor de Parceria
AMOR DE PARCERIA (NOEL ROSA)

SAIBAM PRIMEIRO QUE FULANA É MINHA AMIGA
E COMIGO ELA NÃO BRIGA COM CIÚMES DE VOCÊ
VOCÊ PROVOCA BRIGA ENTRE RIVAIS
PARA DEPOIS LER NOS JORNAIS SEU NOME E SEU CLICHÊ
HÁ MUITO TEMPO MINHA AMIGA ME AVISAVA
QUE ELA SEMPRE CONVERSAVA COM VOCÊ NO SEU JARDIM
E COMEÇOU A NOSSA PARCERIA
EU FUI POR ELA, E ELA FOI POR MIM

VOCÊ PENSOU QUE FOMOS ENGANADAS
MARCANDO ENCONTRO EM HORAS ALTERNADAS
E NÓS FIZEMOS A SUA VONTADE
DENTRO DAQUELA ESCRITA EU E ELA
NÃO TIVEMOS PREJUÍZO NA SOCIEDADE

QUANDO VOCÊ SE ATRASAVA UMA HORA
EU FINGIA NÃO SABER A RAZÃO DESSA DEMORA
EM MUITA VEZ VOCÊ PERDEU A FALA
QUANDO ESTAVA SEM TOSTÃO, EU PEDIA BALA
NÓS ATURAMOS OS SEUS MODOS IRRITANTES
MAS FILAMOS BONS JANTARES NOS MELHORES RESTAURANTES
VOCÊ NÃO SAI DO NOSSO PENSAMENTO
VOCÊ FOI NEGÓCIO E FOI DIVERTIMENTO
Track Name: Uma Valsa Para Três
UMA VALSA PARA TRÊS (MÚSICA: CHICO PINHEIRO/ LETRA: CHICO CÉSAR)

NÓS TRÊS TÃO SÓS NO SALÃO SEM PAR
SEM SUPOR QUE O AMOR
E A VALSA FINDAM
E AÍ UM DE NÓS SERÁ
O MAIS TRISTE, O MAIS SÓ
QUEM DERA FOSSE EU
SÓ PRA OLHAR PRA VOCÊ
SEGUIR SEM MIM
VÊ OS DOIS QUE VÃO
E ALGO FALTA
NO ARCO DO OUTRO BRAÇO SEU
SOU EU

DOS TRÊS EU ENFIM SEM CHÃO, SEM AR
VOU SABER QUE O AMOR E A VALSA FINDAM
E AÍ DOIS DE NÓS IRÃO
DE MÃOS DADAS AO LÉU
UM DELES FOSSE EU
SÓ PRA VOAR COM VOCÊ
DANÇAR SEM SOM, IR AO CÉU
MAS AÍ MESMO NO ALTO
O AMOR QUE CALA ALÇA VÔO TAMBÉM

---
QUEM DE NÓS DOS TRÊS
VAI FICAR SÓ E CHORAR
OU VAI AMAR E SOFRER
VIÚVO TER AO LADO
NOIVO QUE NÃO PODE SER? AH...

QUAL DE NÓS TRÊS, AMOR
QUAL DE NÓS DOIS
QUEM DANÇA AGORA, AMOR
QUAL DE NÓS TRÊS
FALTA UM PASSO, AMOR
TALVEZ VOCÊS, EU
VEJO QUE A VALSA FINDA
E AINDA HÁ NÓS TRÊS
TÃO SÓS NO SALÃO SEM PAR
SEM SUPOR QUE O AMOR
E A VALSA FINDAM
E AÍ UM DE NÓS SERÁ
O MAIS TRISTE, O MAIS SÓ DOS TRÊS
Track Name: Testamento
TESTAMENTO (MÚSICA: NELSON ÂNGELO/ LETRA: MILTON NASCIMENTO)

UM DIA JOGUEM MINHAS CINZAS
NA CORRENTE DESSE RIO
E PLANTEM MEU ADUBO NA SEMENTE DE MEU FILHO
CUIDEM BEM DE MINHA ESPOSA, DO AMIGO
DO NINHO E DO PRESENTE QUE FOI PROMETIDO
PRO ANO SEGUINTE

NA RESEVA DESSE ÍNDIO CLAMO FORTE POR CLAREIRA
SOPREM MEUS SENTIDOS PELA VIDA QUE DESCUBRO
CUIDEM BEM DE MINHA CASA, TÃO CHEIA
MENINOS TOMEM CONTA DE AQUILO TUDO
EM QUE ACREDITO

JUNTEM TODAS MINHAS CINZAS AO POEMA DESSE RIO
E PLANTEM MEU ADUBO NA SEMENTE DE MEU POVO
CUIDEM BEM DE MINHA ESPOSA, DO AMIGO
DO NINHO E DO PRESENTE QUE FOI PROMETIDO
PRO ANO SEGUINTE

NA RESERVA DESSE INDIO CLAMO FORTE POR UM RIO
SOPREM MEUS SENTIDOS PELA VIDA DE MEU FILHO
CUIDEM BEM DE MINHA CASA, TÃO CHEIA
MENINOS TOMEM CONTA DE AQUILO TUDO
EM QUE ACREDITO
---
E JUNTEM TODAS MINHAS CINZAS AO POEMA DESSE POVO
Track Name: Sabiá
SABIÁ (MÚSICA: TOM JOBIM/ LETRA: CHICO BUARQUE)

VOU VOLTAR
SEI QUE AINDA VOU VOLTAR
PARA O MEU LUGAR
FOI LÁ E É AINDA LÁ
QUE EU HEI DE OUVIR CANTAR
UMA SABIÁ
CANTAR UMA SABIÁ

VOU VOLTAR
SEI QUE AINDA VOU VOLTAR
VOU DEITAR À SOMBRA
DE UMA PALMEIRA
QUE JÁ NÃO HÁ
COLHER A FLOR
QUE JÁ NÃO DÁ
E ALGUM AMOR
TALVEZ POSSA ESPANTAR
AS NOITES QUE EU NÃO QUERIA
E ANUNCIAR O DIA

VOU VOLTAR
SEI QUE AINDA VOU VOLTAR
NÃO VAI SER EM VÃO
QUE FIZ TANTOS PLANOS
DE ME ENGANAR
COMO FIZ ENGANOS
DE ME ENCONTRAR
COMO FIZ ESTRADAS
DE ME PERDER
FIZ DE TUDO E NADA
DE TE ESQUECER

VOU VOLTAR
SEI QUE AINDA VOU VOLTAR
PARA O MEU LUGAR
FOI LÁ E É AINDA LÁ
QUE EU HEI DE OUVIR CANTAR
UMA SABIÁ
CANTAR UMA SABIÁ